SOLIDARIEDADE “Em Boa Hora”

POSTADO EM 13 de Julho de 2021

Na semana do São João (22-24 de junho), cem famílias das comunidades quilombolas de Nordestina, em situação de vulnerabilidade, foram beneficiadas com generosas cestas básicas e materiais de limpeza, que “vieram em boa hora” conforme expressaram moradoras e moradores beneficiadas(os). A iniciativa foi possível graças a um projeto da Comissão Pastoral da Terra, Centro Norte – Diocese de Bonfim e do Fórum de Comunidades Quilombolas, contando com o apoio financeiro da Coordenadoria Ecumênica de Serviços – CESE, que há muitos anos vem apoiando projetos na nossa região. Somam-se a isso as contribuições do Pe. Luis Tonetto, por meio de doações de sua Diocese de origem na Itália (Veneza) e da Paróquia de Nordestina, onde está sendo realizada uma campanha de doações de alimentos para famílias carentes.

AGRADECEMOS IMENSAMENTE a todas e todos que contribuíram direta ou indiretamente com esta ação solidária. Sabemos que a quantidade de doações não foram e não serão suficientes para atender a demanda dos quilombos de Nordestina, tampouco das outras comunidades do município que enfrentam a fome, contudo, as famílias se valem de gestos como este e da solidariedade existente nas próprias comunidades, pois, é o milagre da partilha que faz a multiplicação dos pães. Essas ações não pretendem minimizar a responsabilidade do Estado e dos governos, que têm a obrigação de garantir os direitos humanos e reparar as violações historicamente sofridas pelo povo. No caso das comunidades quilombolas de Nordestina a responsabilidade é ainda maior e cabe também à mineradora Lipari, que explora a região com a extração de diamantes do subsolo das comunidades e expõe diariamente as famílias a problemas socioambientais irreparáveis, oferecendo um retorno que se compara a migalhas e expondo a população a mais problemas sociais e humanitários.


Com informações da CPT Diocese de Bonfim

© Copyright 2021. Desenvolvido por Cúria Online do Brasil